Processos

Laser Cladding

O Processo Laser Cladding permite a deposição de camada de materiais para resistência a desgaste, corrosão, oxidação em altas temperaturas.



Principais Vantagens :

  • Baixo Aporte de Calor o que significa baixa distorção das peças
  • Menor Zona Termicamente Afetada
  • Baixa Diluição com o metal base
  • Possibilidade de recuperação de peças e equipamentos
  • Aplicações de Ligas e Superligas Resistentes a Corrosão e Abrasão

Saiba mais

Laser cladding  é um processo de deposição e formação de camadas especiais por soldagem utilizando como fonte de calor um fixe de Laser. Este mecanismo confere ao processo de soldagem um controle muito preciso da temperatura envolvida na fusão do material a ser depositado e substrato.

Os processos convencionais de soldagem utilizam como fonte de calor um arco elétrico voltaico  imputando ao substrato uma quantidade de energia térmica muito alta modificando muitas vezes sua estrtura metalúrgica nas proximidades da poça de fusão, as famosas ZTA ( zona termicamente afetada).

 

O processo de Laser, por não utilizar de abertura de arco voltaico com a peça, consegue  controlar e reduzir muito a energia térmica introduzida no substrato, proporcionando diversas vantagens:

 

  • Baixa ou nenhuma distorção da peça soldada
  • Baixa diluição do material depositado (é possível se obter 100% da composição química do consumível em apenas 0,8mm de camada depositada)
  • Formação de liga metalúrgica entre depósito e substrato como em qualquer  outro processo de solda convencional
  • Aumenta a soldabilidade principalmente em substratos mais sensíveis como aços ricos em carbono ou superligas que são difíceis ou até impossíveis de soldar pelos processos de soldas convencionais
  • ZTA muito reduzida pelo baixo aporte de energia térmica muitas vezes eliminando tratamento térmico após soldagem
  • A camada depositada apresenta estrutura cristalina muito fina e homogênea resultante da rápida solidificação o que aumenta muito a resistência a corrosão e para compostos de carbetos a resistência ao desgaste.
  • Devida a baixa energia térmica utilizada não há perdas de elemento de liga durante a fusão.

 

Principais  substratos/ materiais de deposição:

  • Hastelloys
  • Inox series 300/400
  • Ligas WC
  • Stellite
  • MCrAlY’s etc

Veja algumas fotos do processo, clique para ampliar.

cascadura.com.br
Todos os direitos reservados | Cascadura 2017